segunda-feira, 12 de julho de 2010

Coincidência

O relatório do UNODC (United Nations Office on Drugs and Crime) de 2010 traz um fato curioso. Vejam uma das conclusões a que ele chegou:

"Venezuela has emerged as a major departure point for cocaine trafficked to Europe: between 2006 and 2008, over half of all detected maritime shipments of cocaine to Europe came from Venezuela". (A Venezuela emergiu como o maior ponto de embarque da cocaína transportada para a Europa. Entre 2006 e 2008, cerca de metade dos embarques marítimos de cocaína para a Europa veio da Venezuela)

O mesmo UNODC noticiou mês passado que a Colômbia foi ultrapassada pelo Peru como maior produtor de folha de coca do mundo, em virtude da expressiva queda da produção na Colômbia. Esse relatório noticia, ainda:

"There was little change in coca cultivation in Bolivia with the land under coca increasing by one per cent to 30,900 hectares, twice the size of the area a decade ago". (Houve pouca mudança no cultivo de coca na Bolívia, com a região com plantio de coca aumentando um por cento, para 30.900 hectares, duas vezes o tamanho da área de uma década atrás)

É curioso como, nos países sul-americanos do bolivarianismo chavista, os produtores/traficantes conseguem prosperar, ao passo em que nos "colonizados" como a Colômbia consegue-se avançar no combate ao tráfico, não? Ou será mera coincidência?

Nenhum comentário:

Postar um comentário