terça-feira, 22 de junho de 2010

Au revoir

Estive pensando em alguma coisa para dizer sobre a saborosa eliminação da França. Foi dito aqui e ali "eliminação pematura". Não foi. Foi extremamente tardia. A eliminação deveria ter ocorrido nas eliminatórias e, todos sabemos, não ocorreu porque o juiz deu uma mãozinha à mãozona do Henry. O fiasco da França na Copa foi mais ou menos uma satisfação moral para, de certo modo, compensar a injustiça de que foi vítima a Irlanda, decorrente da recalcitrância da Fifa em descobrir que o século XXI já chegou.

Mas o melhor comentário que vi sobre a campanha da França na Copa foi o seguinte, no blog de Wanderly Nogueira, no Terra:

"Depois de tudo o que aconteceu nesse Mundial, com a seleção francesa fazendo de tudo para facilitar as coisas para os adversários, o chefe da delegação deveria ter sido algum discípulo do Marechal Petain".

Nenhum comentário:

Postar um comentário